quarta-feira, 30 de novembro de 2011

SAUDADES


O barulho da chuva
Embala o mais doce dos sonos
Ou acompanha o cair da mais triste das lagrimas
É como o tocar do vento em meu rosto
Suave e quase interminável
Um toque gelado em uma noite fria
Dentro do peito uma dor incontrolável
De um sentimento q dentro de mim crescia
Aquela escuridão sem fim
Arrombava meu olhar 
Trazendo para fora sentimentos que não deviam escapar
Uma tristeza que nem ao menos sei por quê
Nunca olhei nos seus pequenos olhos mais sei q também nunca vou ver
Não senti teu abraço nem sua pele na minha
Não escutei sua voz dizer-te amo
Sei q esta melhor assim 
Mas meu coração diz ter saudades
Sei que nunca pareceu  ter feito parte desse mundo
Mas fez parte do meu momento mais importante 






vai com Deus Miguel

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

TE ENCONTREI

Esta escurO e pra tudo isso não vejo uma saida
os passos que dei em sua direção comprometeram meu coração
e a ansiedade com que andei entregou os segredos que por tanto tempo guardei...
As estrelas na agua refletidas e em minha boca um beijo com gosto de despedida
sua ausência me condena...
Me prende em meu passado em meu desejo de te abraçar e te sentir novamente aqui;
sentir sua respiração, sentir seu coração em compasso acelerado batendo junto ao meu...
E a pausa de um silencio  de uma palavra q naquele momento não nos convém
levantar meus olhos em direção aos seus e saber que me ama...
E tornar então desnecessária  cada palavra que pensamos em falar...
Mais uma pausa... e  SENSAÇÃO  de que aquele momento pra sempre ia durar...
Pois o melhor ja havia vivido...
seus abraços seus beijos seu corpo seu calor meus vicios
tormentos de um delírio de amor...
Em seu nome
Eu encontro significado
Então eu estou esperando
Mais uma vez pelos seus abraços...
Em voce encontrei minha saida...

TE AMO♥